segunda-feira, 12 de setembro de 2016

mural fashion: blusinhas de renda

aqui no blog já declarei minha paixão por renda em inúmeros posts: renda com couro, renda em saias e anáguas, amo muito renda, shortinho jeans com renda.

amo, uso e me encanto com peças em renda!
quer um look para se sentir arrumada? invista em uma blusinha de renda.
seja t-shirt, camisa ou blusa, o tecido transforma a peça.
e a combinação você escolhe: pode ser um jeans destroyed, uma calça de alfaiataria, uma saia plissada...
no mural fashion de hoje trago as blusinhas brancas de renda, que trazem leveza para a primavera-verão e está sempre presente em desfiles isabel marant.
cavalli ano passado também investiu na renda e várias marcas de fast-fashion, como H&M, topshop e zara, aderiram a renda, seja a mais delicada ou mais exagerada, em suas coleções.
e a renda, que há um tempo atrás era vista apenas como opção para festa, está nas ruas.
é aquela blusa que você usa para ir trabalhar e já está pronta para emendar o happy hour.
as blusas de manga longa funcionam como camisas.

embaixo, blusinhas ajustadas quando a transparência não é indicada.
por cima, jaqueta de couro ou jeans e blazer funcionam muito bem!



outra ideia que eu sou super adepta é a blusa de renda de manga longa com saia e shorts em dias mais amenos.


no verão, as blusas off-shoulder com renda vão tomar conta das vitrines e looks de rua, mesmo que só em detalhes.

já temos visto isso com influenciadoras gringas que acabaram de curtir o seu verão europeu.

para mim a renda é como animal-print.
não se trata de tendência.
ela existe e por isso se basta ;)

e para você, a renda também tem espaço cativo no seu armário e no seu coração? 

imagens: reprodução

terça-feira, 6 de setembro de 2016

rímel, delineador e sombra para sobrancelhas num único produto



lembro perfeitamente de uns estojos que ficavam na gaveta da minha mãe que dentro tinham uma escovinha (que depois descobri ser um pincel para sobrancelhas) e uma sombra pastosa bem preta.

na época eu era criança e achava aqueles estojos surpreendentes. não eram sombras, nem batom, nem blush. 

e para mim maquiagem se resumia a isso. talvez um rímel e purpurina (anos 80, gente!).

o tempo passou e tudo se esclareceu. aqueles estojos eram versões da "cake mascara", um cosmético para olhos que foi incialmente lançado pela maybelline, contendo vaselina e pó de carvão.
a pioneira
essa cake mascara serve, portanto, para usar nos cílios, como delineador e também para preencher sobrancelhas.

eu tinha esquecido que existia esse produto até ver o lançamento da bésame cosmetics.
essa é uma cake mascara que segue o estilo retrô da marca que eu vi na sephora gringa.

e tem outras marcas com esse item no portfólio. vale conhecer ;)

imagens: reprodução

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

big sexy eye kit @benefitbeauty

sabe o que eu mais gosto em sombra shimmer?

é que elas vão muito além de trazer um brilho às pálpebras garantindo um olhar poderoso.

elas, especialmente em tons neutros, podem ser usados juntamente com blush ou acima das maçãs do rosto.

sem contar que se você dominar a técnica do contorno, pode iluminar as áreas em destaque do seu rosto de acordo o seu formato.

e foi essa praticidade do big sexy eye kit que me chamou a atenção.
ele tem cores neutras e vem nesse estojinho agrupando 12 cores em 3 duos de tons.
o aplicador redondinho faz parte do kit.

bonito, simples e muito útil!

imagens: benefit & asos

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

max, o gatinho que é um hidratante labial

balm da coreana too cool for school para quem gosta de embalagens divertidas!

o hidratante labial max in pocket além de ter propriedades emolientes, tem um toque de cor com acabamento brilhante.

o detalhe, que é característica da marca, é o design de suas embalagens.
o visual é sempre atraente e nesse caso não seria diferente.

mas reparem nesse cordão metálico.
esse metal ball chain é ótimo para pendurar seu balm na bolsa ou mesmo colocar no chaveiro.
não tem desculpas para não tratar os lábios!

pensei nas meninas mais novas, especialmente, que podem curtir uma maquiagem apropriada para sua idade (afinal, balm pode e deve ser usado a vida toda).
e também porque elas podem colocá-los nas mochilas ;)
o único senão, a meu ver, é que ele deve ser usado com as pontas dos dedos... e eu acho mil vezes mais prático as versões em bastão ou bisnagas.

miau!

imagens: reprodução

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

mural fashion: mesh, a moda das peças de telinha

sabem aquelas roupas de telinha, que foram destaque nas academias anos atrás?
pois então, as peças com essas tramas pegaram carona nesse revival da tendência sport chic e estão aparecendo em vários tipos de looks.


então se antes as roupas de telinha eram tidas como kistch, agora elas vem de um jeito super cool.
é o que eu sempre digo aqui no mural fashion e todo mundo sabe, a moda vem e vai.
o que é bacana são as reinterpretações.
por exemplo, se antes as telinhas invadiam apenas jaquetas e camisetas esportivas, agora o look mesh (esse é o nome para essa tendência) está presente na alfaiataria, em saias midi, em shortinhos de seda, enfim.
eu curti mesmo do mesh nos detalhes, como em sobreposições ou acabamentos, como nestes looks:



eu usaria.principalmente blusinhas tramadas embaixo de blazer, por exemplo, ou esses últimos looks com foco nos detalhes.
e vocês?


imagens: reprodução

terça-feira, 30 de agosto de 2016

canetinhas, ops, delineadores coloridos

tem muita gente que não curte delineador em caneta, preferem a apresentação tradicional, mas eu faço parte das que idolatram a canetinha!

na maquiagem, não há regras, cada um encontra o que melhor se adapta à sua habilidade, cor, estilo... como tudo na vida, não é?

para as que curtem uma caneta delineadora, a too faced lançou uma coleção delas, em ONZE cores!

e o produto parece mesmo as canetinhas hidrográficas - tão amadas na minha infância :)

e essa ponta fina da sketch marker permite traçados mais delicados ou com maior espessura.
querendo adicionar impacto no grafismo, basta ir passando a caneta até encontrar a grossura da linha que vocês quiserem.

o preço é em torno de U$20 (cada).

imagens & fotos: too faced

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

vem ver o significado dos nomes das marcas de beleza

gurias, semana passada vi a matéria da exame com o título "significado dos nomes das marcas de beleza" e as histórias, para quem gosta de saber mais do que como se maquiar, são incríveis!

estou reproduzindo a matéria na íntegra.
vejam que máximo:

MAC
Nenhum significado obscuro aqui. A canadense M.A.C foi fundada por um maquiador e um fotógrafo cansados de como as maquiagens normalmente pareciam ruins nas fotos de editoriais.
Na cozinha deles, decidiram colocar mãos à obra e criar os próprios produtos. Mas a maior sacada mesmo foi embalar os cosméticos em potinhos pretos, em vez dos famosos compactos, algo que logo virou a marca-registrada da companhia.
Quanto ao nome, nada de mistério, é simplesmente as iniciais de Make-up Art Cosmetics (Maquiagem Arte Cosméticos). Ai, a simplicidade!

NATURA 
Uma das maiores empresas de cosméticos do mundo, a Natura nasceu em 1969 como uma lojinha em São Paulo. Interessado em fabricar produtos especialmente criados para a diversa pele do povo brasileiro, o co-fundador da empresa Luiz Seabra escolheu para o negócio um nome que remetia aos hippies da época, além de explicitar um dos ideais do negócio até hoje: o valor da natureza.

O BOTICÁRIO
Nada de significado illuminati aqui. "Boticário" é simplesmente a antiga denominação de farmacêutico. E, bem, foi assim que a gigante brasileira dos cosméticos começou: como uma farmácia.
Em 1977, no centro de Curitiba, no Paraná, Miguel Krigsner abria as portas de um negócio de manipulação de medicamentos.
Com um atendimento diferenciado, o lugar fazia sucesso e, em pouco tempo, ele resolveu aventura-se, também, na produção de outros produtos - um creme hidratante, um xampu e uma colônia. Nascia aí uma história de sucesso!

AVON
A AVON nem sempre foi AVON e muito menos quer dizer NOVA ao contrário. Começou como "Union Publishing Company", empresa de venda de livros e revistas porta a porta na qual o jovem farmacêutico David McConnell trabalhava.
Em pouco tempo, de vendedor ele passou a supervisor e, em 1886, comprou metade da firma. Percebeu que as mulheres ficavam mais interessadas nas amostras grátis de perfume que levava do que nos livros.
Enxergou aí um potencial e renomeou o negócio para "California Perfume Company". Anos depois, após uma viagem para Stratford-upon-Avon, cidade-natal de Shakespeare na Inglaterra, achou o lugar muito parecido com a região de Nova York onde cresceu. Nascia a AVON.

MARY KAY
Essa é fácil! Mary Kay é o apelido de Mary Kathlyn Wagner, norte-americana que aos 45 anos resolveu criar a própria empresa de cosméticos. Antes de iniciar o negócio, entretanto, trabalhou como vendedora porta a porta de livros.
Viu um dos homens que treinou ser promovido no lugar dela e resolveu sair de cena e escrever um livro para ajudar outras mulheres a tocarem os próprios negócios. O livro acabou por despertar nela o desejo de desenvolver um projeto para chamar de "seu". Ainda bem!

SEPHORA
Claro que uma empresa com um nome tão pomposo teria uma explicação, digamos, maravilhosa para o mesmo. Sephora é a junção de "Zipporah", a esposa de Moisés no Livro Êxodo conhecida pela beleza descomunal, com "Sephosis", termo grego para definir vaidade. Franceses!

URBAN DECAY
A tradução seria "Decadência Urbana", o que soa um tanto estranho para uma marca de beleza, não? O fato é que o nome foi escolhido não pelo significado, mas pela sonoridade.
E deu certo! Além de perfeitamente combinar com a proposta moderninha da empresa norte-americana.


MAKEUP FOREVER
Criada na França nos anos 1980, a Make Up Forever foi uma ideia da então artista plástica Dany Sanz. Quando trabalhava na produção de um teatro, o diretor pediu para que ela pintasse o corpo de um dos atores.
Quando viu a "criação" em movimento, não teve dúvidas: essa seria a paixão dela. O nome veio naturalmente, a partir do compromisso da maquiadora com a profissão "for pros, for you, for ever" ("para profissionais, para você, para sempre").
Não à toa, a marca é conhecida pela qualidade dos produtos.

OPI
Ai, os esmaltes da OPI! E, quem diria, o nome da marca é o acrônimo de um deslocado Odontorium Products Inc. Sim, por mais estranho que isso possa parecer, a empresa começou como uma firma de equipamentos odontológicos. Choque!

NYX
Queridinha de quem é obcecada por maquiagem, mas não tem muito dinheiro para gastar, a Nyx foi criada em 1999 por Toni Ko. "Percebi que existia uma grande brecha entre as marcas de prestígio vendidas nas lojas de departamento e as populares, distribuídas nas farmácias.
E não havia nenhum produto de qualidade com uma embalagem bonita e com um preço amigo. Minha missão foi fechar essa brecha", contou ela certa vez.
E, por mais incrível que pareça, não existe um significado metafísico por trás do nome, não. Nyx, na mitologia grega, é a personificação da noite. Simples assim, tá?

BENEFIT
Essa história é maravilhosa! Conhecida pelas embalagens incríveis e pelos nomes, hum, estranhos dos produtos, a Benefit, empresa norte-americana criada pelas gêmeas idênticas Jean e Jane Ford, começou como uma pequena loja de cosméticos chamada "The Face Place".
Criada em São Francisco, Califórnia, em 1976, a marca logo de cara se destacou pela proposta diferenciada e por um certo "corante" para lábios e bochechas.
O então chamado "Rose Tint", a primeira criação das irmãs, foi desenvolvido especialmente para uma dançarina que gostaria de ter mais cor nos mamilos dela. Hoje, chamado Benetint, é o best-seller da empresa.
O fato é que a companhia só mudou de nome mesmo nos começo dos anos 1990, quando, com uma inevitável expansão internacional, ficou decidido que precisavam de algo mais forte.
Após uma viagam à Itália, Jane colocou na cabeça que deveria ser algo com a palavra "Bene" (bom). Nascia a Benefit (benefício). 

NARS
NARS é basicamente o sobrenome do fundador da marca, o francês François Nars. E é mais uma gigante dos cosméticos criada por um maquiador frustrado com as opções disponíveis no mercado. Decepção transformada em milhões de dólares!

NIVEA
A alemã Nivea é uma daquelas marcas que, inevitavelmente, acompanham a gente a vida toda. Vai, confessa! E o nome da empresa é a definição perfeita para o primeiro hidratante da história, o NIVEA Creme.
A partir das palavras latinas nix (neve) e nivis (de neve), em 1911, o farmacêutico Oscar Troplowitz e o dermatologista Paul Gerson Unna fundavam uma das maiores companhias de beleza do mundo.

MAYBELLINE
Nada como uma boa história de amor, não é mesmo? Ainda mais se ela se transformar em um negócio multimilionário. Maybel Williams estava apaixonada por um cara que não queria nada com ela. Típico!
Então, acreditou que se investisse em ~truques~ para ~melhorar~ a aparência conseguiria o amor da vida dela (era 1915, gente!). Uma dessas receitas caseiras, aplicar vaselina, cinza de cortiça e carvão sobre os cílios, chamou a atenção do irmão Tom, na época, um jovem químico.
Dois anos depois nascia a Maybelline, uma junção do nome da irmã com Vaseline, um dos componentes do novo cosmético.

vocês sabiam dessas curiosidades?
qual marca surpreendeu vocês?

matéria retirada da revista exame
abr.ai/2c6fYqR
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...